Menu CICS.NOVA

Edições

Call for papers

Chamada de Artigos - Revista Configurações n.º 26/2020 (CICS.NOVA.UMinho)

A revista Configurações, editada pelo CICS.NOVA.UMinho, tem chamada aberta para artigos a publicar no seu número 26, subordinado ao dossier "Economia e Sociedade: políticas, práticas, agentes e instituições". Este número terá coordenação de Rodrigo da Costa Dominguez (CICS.NOVA.UMinho), Lisbeth Rodrigues (CSG/ISEG – Universidade de Lisboa), Jari Eloranta (Universidade de Helsínquia – Finlândia) e Jeremy Land (Georgia State University).

Submissões: até 1 de Dezembro de 2019.

Chamada por artigos:   

A orientação económica ou o conceito de “ação económica” (Wirtschaften), trabalhado por Max Weber nos seus ensaios sobre sociologia económica, aborda a questão da satisfação do desejo por “utilidades” (Nutzleistungen), enquanto exercício de controle de um ator sobre um determinado recurso, o qual, em princípio, é impulsionado e direcionado para fins económicos. Por este motivo, “... a definição de ‘ação económica’ deve, mais ainda, ser manifestada de tal forma a incluir a operação de uma iniciativa empresarial moderna com fins lucrativos”, e todos os processos e objetos económicos são caracterizados pelo significado que possuem para a ação humana no desempenhar de tais papéis como os fins, meios, obstáculos e subprodutos. Ora, os conceitos básicos que a Economia e a História Económica empregam para analisar a sociedade – como, por exemplo, as ideias de crescimento, prosperidade, desenvolvimento e globalização e/ou expansão/interconexão - são essencialmente modernos, aperfeiçoados na fronteira entre os séculos XIV e XVI.

Procurando pensá-lo de um modo (inter)multidisciplinar, o objetivo deste volume é reunir estudos que permitam estabelecer um diálogo entre a História Económica, a Sociologia e a Economia, seguindo o conjunto teórico da obra clássica de Max Weber “Economia e Sociedade”. Este também foi o caminho seguido por muitos historiadores económicos nos últimos anos, seus temas e seus desafios atuais e futuros, e as visões de lugar das Ciências Sociais numa perspetiva do desenvolvimento do capitalismo ocidental. Em comum, observa-se o avanço científico-tecnológico e o progresso das ciências médicas, exatas e tecnológicas enquanto pilares, sendo inclusive foco da ação política que resulta na construção das políticas públicas de investimento em ciência, conhecimento e tecnologia. Sem perder de vista as questões atuais, como a guerra comercial em escala global, e a agenda do desenvolvimento sustentável e preservação dos recursos naturais, as ciências sociais aplicadas (Economia), assim como a Sociologia e História, sobretudo a vertente da História Económica, são fundamentais na perceção dos vários e diferentes contextos relacionadas às ações e agendas económicas dos Estados. Para além disso, desempenham um papel fundamental na compreensão das propostas de incentivo ao desenvolvimento e de proteção das instituições e dinâmicas económicas internas, tanto em âmbito nacional quanto em âmbito regional, dentro dos respetivos blocos e acordos comerciais que os unem. 

Serão acolhidos artigos que colaborem de maneira original para o debate científico sobre a economia, a história económica e as ciências sociais, fundamentados em múltiplos enfoques interdisciplinares, teóricos, metodológicos e empíricos, proporcionando ao leitor, por meio de visões inovadoras e enriquecedoras, a compreensão dos seguintes temas:

a)   Comércio como objeto histórico e sociológico;
b)   Formas de crescimento e desenvolvimento económicos, associados às ideias de rendimento e produtividade nos vários setores da atividade económica;
c)  Reflexões sobre formas de interconexão entre financiamento público e atividades económicas privadas;
d)    Organização de sistemas de crédito, fiscais e monetários enquanto base de um processo de racionalização cultural e institucional das sociedades;
e)     Divisão do trabalho, na sua vertente social e económica;
f)      Dinâmica dos mercados e diferentes níveis de interação entre os mesmos.

As contribuições devem ser enviadas para configuracoes_cics@ics.uminho.pt até 1 de Dezembro de 2019, em conformidade com as normas disponibilizadas no website.

 

Calendário

Data limite para a submissão do artigo: 1 de Dezembro de 2019
Envio da decisão para os autores: 1 de Abril de 2020
Publicação da revista: 30 Dezembro de 2020
 

Mais informações