Apresentação

 

O CICS.NOVA desenvolve investigação em disciplinas das Ciências Sociais - predominantemente Sociologia, Geografia e Demografia - e junta investigadores oriundos de várias unidades de investigação (UI), que partilham objectivos de investigação interdisciplinar fundamental e aplicada; ou seja, centrada nos problemas, com preocupações epistemológicas e teórico-metodológicas mas também fortemente orientada para adicionar valor para a sociedade.

A nossa visão é a de uma ampla interdisciplinaridade, envolvendo as várias Ciências Sociais e ligando-se a outros domínios científicos, em função dos problemas escrutinados. Esse trabalho já está em curso e é notório na investigação que vimos realizando nas nossas actuais UIs. As preocupações de equidade e justiça social estão presentes como referentes cívico-políticos na criação desta nova UI. Pautamo-nos pelos referidos princípios e assumimos o empenho em contribuir com os resultados das nossas pesquisas para a melhoria da qualidade da vida das populações, disponibilizando aos cidadãos e aos decisores políticos os seus resultados e recomendações.

O esforço de aproximar investigadores de variadas origens mas com propósitos convergentes insere-se na actual preocupação a nível europeu e internacional de, através das melhores práticas de investigação, contribuir para políticas públicas inclusivas. Tal perspectiva levou três UIs, duas da NOVA (CesNova e e-Geo) e uma da UMinho (CICS), a encetar um processo de fusão, a que se juntaram investigadores doutras regiões do país. A nova UI CICS.NOVA, sediada na FCSH-NOVA, estrutura-se em termos organizativos em cinco Grupos de Investigação (GI) que correspondem aos eixos da actividade científica da UI. A fim de responder de modo adequado à necessidade de boa gestão dos recursos humanos e das actividades levadas a cabo em várias regiões do País, o CICS.NOVA acolhe quatro pólos de trabalho, instalados em outras instituições do ensino superior português, onde existem investigadores seus em número significativo, potenciando assim a mobilização das sinergias regionais e locais.