Menu CICS.NOVA

Membros Integrados

Francisco Sousa

Grupo de Investigação:

6: Educação, Conhecimento e Cultura


Equipa de Investigação:

Curriculum, tecnologias e formação


Perfil Online:


E-mail:

francisco.jr.sousa@uac.pt




Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Departamento de Educação, da Universidade dos Açores, Portugal.


Interesses de Investigação:

Relevância Curricular. Política Curricular. Design de Ambientes Virtuais de Aprendizagem.


Principais Projectos:

  • 2018-2020Caraterização dos ATL e o seu impacto”, financiado pelo Governo Regional dos Açores;
  • 2017-2020Apropriações curriculares da História, da Geografia e da Cultura regional nos Açores (Portugal) e no Rio de Janeiro (Brasil)”;
  • 2014-2016 “Alimentos promotores de saúde em contexto escolar - mais conhecimento, melhor crescimento.”, no contexto do concurso "Literacia da Saúde 2014 - Fundação Calouste Gulbenkian";
  • 2009-2012 “CPCIC-EB - Contextos e Práticas Colaborativas de Investigação Curricular na Educação Básica”, no contexto do Centro de Estudos da Criança, Universidade do Minho, referência CESC P07-2009;
  • 2009-2011 “ENCUR - Enhancing Curriculum Relevance”, no contexto do Programa “Aprendizagem ao Longo da Vida”, referência 2009-1-PT1-COM13-024231.

Principais Publicações:

  • Sousa, F. (2016). Is action research necessarily collaborative? Changing mutuality within a project. Educational Research and Evaluation, 22 (3-4), 234-250. DOI: 10.1080/13803611.2016.1247723;
  • Sousa, F. (2015). O desenvolvimento de um modelo de ensino virtual num contexto de investimento incipiente em e-learning: progressos e desafios. Da Investigação às Práticas, 5 (I), 79-97; 
  • Sousa. F. (2013). Portugal – The mirage of curricular autonomy. In W. Kuiper & J. Berkvens (Eds.), Balancing curriculum regulation and freedom across Europe (pp. 189-210). Enschede, the Netherlands: SLO;
  • Sousa, F. (2010). Diferenciação curricular e deliberação docente. Porto: Porto Editora;
  • Morgado, J. C. & Sousa, F. (2010). Teacher evaluation, curricular autonomy and professional development: Trends and tensions in the Portuguese educational policy. Journal of Education Policy, 25 (3), 369-384;