Oportunidades de financiamento

Prémio Fernão Mendes Pinto 2018

A Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP) anuncia o Prémio Fernão Mendes Pinto 2018 destinado a distinguir uma dissertação de mestrado ou doutoramento, que contribua para a aproximação das comunidades de Língua Portuguesa, explicitando relações entre comunidades de, pelo menos, dois países.

Candidaturas: até 31 de Julho de 2018.

O prémio tem um valor de 8.000€.

A dissertação a submeter, escrita em português, tem que ter sido defendida durante o ano civil imediatamente anterior ao da candidatura. As propostas deverão ser apresentadas por instituições de ensino superior ou institutos de investigação científica membros da AULP, de países de língua portuguesa.

Os trabalhos são agrupados pelas seguintes áreas: “Letras e Artes”, “Ciências Exatas”, “Ciências da Saúde e da Vida”, e “Ciências Sociais e Humanas”. A investigação ganhadora terá publicação a cargo do Instituto Camões.

A AULP é uma Organização Não Governamental (ONG) internacional, fundada em 1986, que promove a cooperação e troca de informação entre Universidades e Institutos Superiores, com membros dos países de língua oficial portuguesa.

Só se poderão candidatar ao Prémio as instituições membros da AULP que tenham as quotas em dia.

Mais informações no Regulamento em anexo e na página da AULP.


Convocatória aberta: Fundo para a Cooperação Regional EEA and Norway Grants

Encontra-se aberta a primeira convocatória do Fundo para a Cooperação Regional EEA/Norway Grants destinado ao financiamento de propostas que abordem desafios transfronteiriços e promovam a cooperação transnacional através da partilha de conhecimento e de melhores-práticas e capacitação entre os setores prioritários do programa.

Candidaturas: até 01 de Julho de 2018. 

Os setores prioritários do programa são:
- Investigação, inovação, educação e competitividade;
- Inclusão social, Emprego Jovem e redução da pobreza;
- Ambiente, energia, alterações climáticas e economia de baixo carbono
- Cultura, sociedade civil, governação e direitos fundamentais e liberdade
- Justiça e Assuntos Internos 

Quais são os países elegíveis?
Os países beneficiários da convocatória são Bulgária, Croácia, Chipre, República Checa, Estónia, Grécia, Hungria, Letónia, Lituânia, Malta, Polónia, Portugal, Roménia, Eslováquia e Eslovénia. São igualmente elegíveis entidades da Albânia, Bielorrússia, Bósnia e Herzegovina, Antiga República Jugoslava da Macedónia, Moldávia, Montenegro, Rússia, Sérvia, Turquia ou Ucrânia. 

Qual o número mínimo de entidades?
Os projetos devem incluir entidades de pelo menos três países, dos quais dois países elegíveis do programa. Os consórcios podem ser compostos nas modalidades que se seguem:
- Entidades proponentes: qualquer entidade legal estabelecida num Estado beneficiário EEA/Norway Grants
- Parceiros elegíveis: qualquer entidade legal estabelecida num Estado beneficiário EEA/Norway Grants e os seguintes países: Albânia, Bielorrússia, Bósnia e Herzegovina, Antiga República Jugoslava da Macedónia, Moldávia, Montenegro, Rússia, Sérvia, Turquia ou Ucrânia.
- Parceiros especializados: qualquer entidade legalmente estabelecida num país doador, num país não elegível do programa ou organizações internacionais. 

Tipologia de entidades:
Os parceiros podem ser entidades públicas ou privadas, parceiros comerciais e organizações não-governamentais e parceiros académicos. 

A cooperação tem de ocorrer a dois níveis:
1. Cooperação regional transfronteiriça entre países elegíveis com foco nos desafios regionais.
2. Cooperação transnacional entre países elegíveis com foco em desafios europeus comuns. 

O Fundo destina-se a complementar financiamento existente, pelo que áreas que não são habitualmente financianandas são valorizadas.

O orçamento disponível para esta convocatória é de 15 milhões. Não existem previsões de valor máximo por projeto, contudo os projetos não devem ter valores menores a 1 milhão de euros.

O programa implica um cofinanciamento que depende da tipologia de entidade.

A submissão das candidaturas é realizada a duas fases, em que na primeira fase é submetida um documento síntese e as propostas que passam à segunda fase são chamadas a submeter a candidatura completa. 


Abertura de candidaturas aos Programas PESSOA

O Instituto Francês de Portugal, a FCT e o CRUP têm o prazer de vos anunciar que os concursos para os programas franco-portugueses de financiamento PESSOA já se encontram abertos.

Candidaturas: até 31 de Maio de 2018.

Todas as áreas do conhecimento estão contempladas por estes programas que oferecem financiamentos para:

- «Pessoa»: mobilidade para investigadores entre instituições de I&D portuguesas e francesas, durante 2 anos;

«Cotutelas Pessoa»: mobilidade de doutorandos em cotutela, durante 3 anos.

 

Os concursos estão anunciados nos sites da  FCT (Pessoa) e do CRUP (Cotutelas Pessoa).

 

Maiores informações em https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/pessoa/index.phtml.pthttp://www.crup.pt/luso-francesas/


Prémio Científico Mário Quartin Graça

Prémio Científico Mário Quartin Graça, instituído pela Casa da América Latina e pelo Banco Santander Totta, destina-se a distinguir teses de doutoramento realizadas por investigadores portugueses ou latino-americanos em universidades portuguesas ou da América Latina. Os temas devem ser de interesse comum ou resultar, na sua elaboração, da colaboração entre universidades de ambos os lados do Atlântico.

Candidaturas: até 31 de Maio de 2018.

O prémio prevê as categorias de Ciências Sociais e Humanas, Tecnologias e Ciências Naturais Ciências Económicas e Empresariais e é constituído por uma importância de 5.000 euros para cada uma das três categorias.

Regulamento: Português | Espanhol

Formulário: Português | Espanhol

Mais informações em Casa da América Latina, Lisboa.


Prémio PORDATA Inovação

A Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS) apresenta a quarta edição do Prémio PORDATA Inovação. Esta iniciativa procura promover e aprofundar o conhecimento da sociedade portuguesa e reforçar a articulação entre a PORDATA e os agentes de produção de conhecimento, incentivando o desenvolvimento de indicadores inovadores que representem uma mais-valia para a compreensão das dinâmicas da sociedade. É, por isso, especialmente encorajada a participação da comunidade científica nacional.

Candidaturas: até 23 de Maio 2018.

Até à data, foram premiados três indicadores inéditos publicados na Pordata: Índice de Gini na SaúdeEquilíbrio Orçamental e Índice de Hierarquia de Gestão dos Resíduos Urbanos.

Mais informações: Edital, Regulamento e Formulário para apresentação de propostas, documentos que podem ser consultados em www.pordata.pt.


Capes divulga Edital para Apoio de Eventos Científicos no Brasil – PAEP

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulga o Edital nº 9/2018 do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP), que seleciona propostas para apoio financeiro à realização de eventos científicos, tecnológicos e culturais de curta duração no país, com envolvimento de pesquisadores, docentes e discentes dos programas de pós-graduação. O edital atenderá os eventos do segundo semestre de 2018, que tenham data de início no período entre 1º de agosto e 31 de janeiro de 2019.

Inscrições: até 11 de Maio de 2018.

Candidatos ao financiamento do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP) para realização de eventos no segundo semestre de 2018 têm até o dia 11 de maio para finalizar sua inscrição na página do programa.

Propostas devem ser submetidas até às 17 horas, horário de Brasília. Não serão aceitas propostas submetidas por qualquer outro meio, ou enviadas após o prazo.

Solicitantes de apoio devem possuir título de doutor, manter currículo Lattes atualizado e presidir a comissão organizadora do evento.

Por meio do repasse, a CAPES pretende apoiar a divulgação da produção científica, tecnológica e cultural, incentivando a inovação e a geração de conhecimentos, de parcerias e de produtos; promover a melhoria da qualidade da produção científica e tecnológica nacional; apoiar eventos que fortalecem a cooperação destinados à pós-graduação e parceiros internacionais; e incentivar a participação de professores e alunos de pós-graduação.

Mais informações em Capes.


Convocatória aberta: Programa Courageous Citizens - European Cultural Foundation

O programa Courageous Citizens, promovido pela European Cultural Foundation, tem como objetivos a promoção de soluções culturais com impacto positivo a nível local, regional e europeu.

Candidaturas: até 9 de Maio de 2018.

Podem candidatar-se cidadãos ou organizações com ideias inspiradoras como a criação de modelos, movimentos e políticas culturais em fase exploratória, podendo ser uma nova atividade ou plano que poderá surgir de um projeto ou spin off desde que não seja uma atividade corrente de um projeto em curso. 

 

As ideias têm de responder aos seguintes critérios:

- utilizar a cultura e a criatividade para alcançar igualdade e solidariedade pelas diversas comunidades a nível local, regional e europeu; Indivíduos/instituições que participem em iniciativas que lutem contra a fragmentação e fragmentação de comunidades;

- Indivíduos/instituições que procurem novas formas para explorar como a tomada de decisão (quer sejam colaborativas, inovadoras, partilhada) pode funcionar para as instituições (museus, governo locais e universidades);

- Iniciativas com abordagens inovadoras para aqueles que são tradicionalmente marginalizados o deixem de ser.

 

Os candidatos selecionados terão formação, com oportunidade de encontrar parceiros para desenvolver a sua ideia. A formação será dada num workshop Idea Incubator, a decorrer entre setembro e outubro de 2018. 

 

Condições de elegibilidade: 

- Podem candidatar-se indivíduos (maiores de idade) ou representantes de organizações públicas e privadas, da sociedade civil com sede num país Estado-membro da UE, da Associação Europeia de Comércio Livre (EFTA), incluindo países vizinhos;

- Apenas pode haver uma candidatura por indivíduo e por instituição;

- Não podem candidatar-se indivíduos/organizações que tenham recebido financiamento da European Cultural Foundation.

 

O período de financiamento será de 14 meses com valores por bolsa de 10 mil euros. 

As candidaturas têm de ser apresentadas em língua inglesa, até ao dia 9 de maio de 2018.

O formulário encontra-se disponível em: http://www.culturalfoundation.eu/application-form-rd-grants-2018 

 

Os projetos anteriormente financiados podem ser consultados em http://www.culturalfoundation.eu/rd-grants


Abertura de candidaturas ao Programa BIP/ZIP Lisboa 2018 - Parcerias locais

No seguimento da recente aprovação pela Câmara Municipal de Lisboa do Ciclo e Regras da 8ª Edição do Programa dos Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária (BIP/ZIP) e da realização do workshop de preparação e capacitação, informa-se que já se encontra aberto o período para candidaturas online ao Programa BIP/ZIP Lisboa 2018 – Parcerias Locais.

Candidaturas: até 7 de Maio de 2018.

Como nos anos anteriores, para esta edição de 2018 foi prevista uma dotação ligeiramente superior  a 1,6 milhão de euros, a fim de financiar projetos apresentados por parcerias locais para melhoria dos bairros e zonas incluídos na Carta dos BIP/ZIP. Cada candidatura deve ser apresentada por pelo menos 2 parceiros e tem de obedecer às Regras do Programa dos BIP/ZIP já divulgado e que pode consultar nos sítios abaixo indicados.

O Formulário Online estará disponível no seguinte endereçohttp://bipzip.cm-lisboa.pt

Recordamos que todas as entidades devem estar registadas e com informação atualizada na plataforma BIP/ZIP antes de iniciar a elaboração de candidatura on-line.

As candidaturas são exclusivamente online e podem ser apresentadas até às 17h00 do dia 07 de maio de 2018, devendo ser enviado por correio registado para a Equipa BIP/ZIP, o documento em papel relativo à candidatura submetida online e os respetivos anexos, até ao dia 14 de maio.

Para qualquer esclarecimento adicional que entenda por necessário, poderá contactar a Equipa BIP/ZIP, da Divisão de Apoio a Intervenções Locais (DAIL), através do email bip.zip@cm-lisboa.pt ou para o seguinte telefone fixo: 21 798 92 46 / 88 14 (das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00).


Financiamento exploratório da NOVA FCSH

Encontra-se aberto o período de candidaturas ao Financiamento Exploratório da NOVA FCSH, com os objetivos de promover a internacionalização da investigação realizada na faculdade.

Candidaturas: até 30 de Abril de 2018.

Serão financiadas as atividades de preparação de candidaturas a submeter exclusivamente a programas de financiamento da Comissão Europeia (CE), assim como, despesas relacionadas com a publicação em revistas indexadas. O projeto financiamento exploratório tem um valor máximo de 10.000 € e a duração máxima de 24 meses.

 

Podem candidatar-se docentes, investigadores e os bolseiros de investigação que tenham vínculo contratual com a NOVA FCSH, bem como os bolseiros de doutoramento e de pós- doutoramento e os estudantes de doutoramento que sejam acolhidos por uma unidade de investigação da NOVA FCSH.

As candidaturas têm de ser enviadas até ao dia 30 de abril de 2018 para o email research@fcsh.unl.pt.

O Balcão do Investigador encontra-se disponível para a análise das propostas e a identificação de oportunidades de financiamento da CE para o enquadramento das propostas do Financiamento Exploratório.

 

Regulamento.


Prémios Calouste Gulbenkian

Estão abertas as candidaturas, nacionais e internacionais, aos Prémios da Fundação Calouste Gulbenkian

Candidaturas: até 30 de Abril de 2018.

Os Prémios são anualmente atribuídos e dividem-se em: Prémio Calouste Gulbenkian, na categoria de Direitos Humanos, no valor de 100 mil euros, que em 2018 é dedicado à temática da liberdade de expressão, informação e imprensa; e Prémios Gulbenkian, no valor de 50 mil euros cada, nas categorias de Coesão, Conhecimento e Sustentabilidade.

 

As candidaturas são submetidas exclusivamente online e podem ser apresentadas pelos candidatos ou por terceiros.

 

Consulte regulamentos.


Candidaturas abertas: Seleção de investigações multidisciplinares sobre o envelhecimento | POCTEP 2014-2020

A Fundación General de la Universidad de Salamanca, através do Centro Internacional sobre o Envelhecimento (CENIE), abre um processo de concorrência competitiva para a seleção de investigações multidisciplinares sobre o envelhecimento, o que contribuirá para o desenvolvimento e implantação de uma excelente rede de investigação cujos resultados possam ser de interesse para Espanha e Portugal.

Candidaturas: até 30 de Abril de 2018.

O orçamento económico atribuído a estes projectos de investigação será de 600.000 euros.

As principais prioridades destes projetos de investigação são:

  • Relações entre o envelhecimento da população e o desenvolvimento socioeconómico.
  • Métodos atuais e alternativas para preservar a segurança material dos idosos.
  • A mudança na estrutura familiar, sistemas de transferência intergeracional e novos modelos de funcionamento familiar e institucional.
  • Determinantes do envelhecimento saudável.
  • Mecanismos biológicos básicos e doenças associadas à idade.
  • Qualidade de vida e envelhecimento em diferentes situações culturais, socioeconómicas e ambientais.

CENIE é promovido pela Fundación General de la Universidad de Salamanca, juntamente com a Fundación General del Consejo Superior de Investigaciones Científicas, a Direção Geral da Saúde de Portugal e a Universidade do Algarve, no âmbito do Programa Interreg V A, Espanha -Portugal (POCTEP) 2014-2020, do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), e o seu desejo é lançar as bases para a construção de uma visão comum entre Espanha e Portugal diante desta nova realidade social.

As bases completas do anúncio de seleção de trabalhos de investigação, asim como o procedimento de pedido e os formulários web de apresentação de propostas estão disponíveis no seguinte site: www.cenie.eu.


Candidaturas abertas: Associação Americana de Ciência Política: Fundo para Projetos Especiais

A Associação Americana de Ciência Política (APSA) financia projetos que promovam o avanço da disciplina da Ciência Política através do Fundo para Projetos Especiais. Os projetos têm de ser colaborativos e podem focar-se nas várias áreas da Ciência Política, como o Ensino, Investigação ou a participação cidadã. São valorizados projetos em que exista a transferência de conhecimento e o desenvolvimento pedagógico.

Candidaturas: até 28 de Abril de 2018.

Apenas podem concorrer membros APSA. 

A candidatura tem de ser composta pela seguinte documentação:

* Número membro APSA;

*Abstract do projeto (1 página);

* Descrição do projeto;

* Orçamento;

* Currículo dos Investigador principal e co-investigador 

 

Os projetos têm a duração máxima de 12 meses para propostas com o financiamento máximo de 25 mil dólares.

As candidaturas têm de ser submetidas até 28 de abril (00h00 horário EDT dos Estados Unidos) através do preenchimento online do formulário disponível em: https://apsa.wufoo.com/forms/apsa-special-projects-fund/


Candidaturas abertas: Redes Temáticas e Fóruns CYTED

O Programa Ibero Americano de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento (CYTED) destina-se à promoção da região Ibero-americana através do estabelecimento de mecanismos de cooperação entre grupos de investigação das Universidades, Centros de I+D e Empresas inovadoras dos seguintes países ibero-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Perú, Portugal, República Dominicana, Uruguai e Venezuela.

No âmbito do CYTED estão abertos os concursos às Redes Temáticas e aos Fóruns CYTED. 

Candidaturas para ambos os concursos: até 25 de Abril de 2018.

Redes Temáticas: As Redes Temáticas são redes de investigação e desenvolvimento compostas por entidades públicas/privadas e empresas dos países membros CYTED para o intercâmbio de conhecimentos nas áreas definidas pelo programa. O financiamento destina-se às atividades de coordenação das redes, como a mobilidade do staff, organização de workshops, cursos e publicações, com um limite máximo de 30.000 euros anuais. As redes têm uma duração máxima de quatro anos para as 1-7 e de dois anos para a área 8.

As redes temáticas abrangem as seguintes áreas nas ciências sociais: Área 4: Desenvolvimento Sustentável Área 6: Ciência e Sociedade Linha 6.1 Desenvolvimento global das universidades: Desenho, construção e avaliação de capacidades inovadoras do setor académico Linha 6.2 Indústrias criativas: conteúdos culturais e valor sócio-económico A comparticipação nacional é assegurada através da Fundação para a Ciência e Tecnologia. 

 

Fóruns CYTED: Os Fóruns CYTED são reuniões entre empresários e investigadores iberoamericanos com os objetivos de abordar temáticas do sector tecnológico para a promoção de projetos de inovação, cooperação e transferência de conhecimento. São financiadas as viagens e alojamento de representantes de empresas iberoamericanas no valor máximo de 10 mil euros.

Página oficial: https://www.fct.pt/apoios/cooptrans/cyted/index.phtml.pt