Menu CICS.NOVA

Projectos

Espaços Comuns em Educação. Passando por recintos e invertendo as desigualdades

Investigador Responsável: Carolina Gonçalves
Catarina Tomás
Elisabete Gomes
Referência: SMOOTH
Entidade Proponente:

CICS.NOVA

Entidade Financiadora:

Comissão Europeia, Horizonte 2020

Objectivos:

Coordenação: Catarina Tomás

O projecto SMOOTH pretende introduzir o paradigma emergente dos “bens comuns" como um sistema alternativo de valor e acção no campo da educação para crianças e jovens. O projecto salienta de forma crítica as implicações dos bens comuns na reconfiguração da educação e na mudança social em geral, numa base de igualdade, partilha, participação, convivência, carinho e liberdade. O projecto abordará a inclusão social de acordo com os “bens comuns em educação", os quais procuraremos estudar, nomeadamente se podem funcionar como um catalisador para inverter as desigualdades, através de uma variedade de métodos, tais como a documentação pedagógica, a pedagogia da escuta activa, a etnografia e a análise do discurso. Em particular, propõe-se um programa inovador de investigação-acção com e pelas crianças com o objectivo de:

a) inverter as desigualdades enfrentadas pelas crianças de grupos sociais vulneráveis;
b) reforçar o diálogo intercultural e intergeracional e a integração social;
c) desenvolver competências sociais e pessoais vitais para as crianças e adultos;
d) criar espaços suaves de cidadania democrática e experimentação de novas formas de pensar e fazer com base na igualdade, colaboração, criatividade colectiva, partilha e cuidado;
e) construir e fomentar a comunidade através das diferenças. Universidades, laboratórios de investigação, municípios, ONG, museus e organizações juvenis, em diferentes países, trabalharão interdisciplinarmente e interculturalmente em conjunto para alcançar os objectivos acima referidos do ponto de vista dos bens comuns educacionais.

Especificamente, serão conduzidos vários estudos de caso em instalações educativas para inverter as desigualdades existentes e alcançar uma inclusão social activa para crianças e jovens vulneráveis. Em suma, esta análise transversal e interdisciplinar sobre o papel dos bens comuns educacionais deve ser vista como crucial para fornecer aos decisores políticos ferramentas novas, inovadoras e mais eficientes para propor novas políticas que melhor envolvam crianças e adultos no desenvolvimento de um modelo económico, político e social mais seguro e resistente da Europa.

Data de Início: 2021
Data de Fim: 2024